Ecoa - Rios Vivos

Você está em:
13/04 17:34

Seminário de MS traz experiência do Ceará no saneamento

A Agência Reguladora do Ceará (ARCE) participa do 1° Seminário do Conselho Estadual de Serviços Públicos no Mato Grosso do Sul, entre os dias 17 e 18 de abril, em Campo Grande. A palestra, cujo tema é “A Regulação na Área de Saneamento”, será ministrada pelo coordenador do setor de saneamento básico da ARCE, Alexandre Caetano.

13/04 17:09

Expedição vai analisar água de sete rios brasileiros até 2007

Araguaia, Guaporé, Verde, Grande, Miranda (imagem), Ribeira e Ibicurí são os sete rios escolhidos para terem suas águas colhidas e analisadas até o final de 2007. Trata-se do projeto Brasil das Águas – Sete Rios, uma expedição patrocinada pela Petrobrás e liderada pelo engenheiro Gérard Moss e sua esposa, a escritora e fotógrafa Margi Moss.

11/04 15:57

Transposição do Rio São Francisco fica no papel

A Maior promessa de obra do governo Luiz Inácio Lula da Silva, o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco está parado desde o fim do ano passado, corre o risco de não sair do papel antes do início do processo eleitoral e dificilmente o presidente terá o que mostrar até o fim do seu mandato.

23/03 20:41

Plano Nacional de RH vai nortear uso racional da água até 2020

O PNRH, elaborado durante dois anos e meio pelo governo federal com a participação dos governos estaduais e municipais e também membros da sociedade civil e usuários de recursos hídricos, vai nortear as ações para o uso racional da água até 2020.

17/03 16:55

Programa Pantanal vai priorizar investimentos em saneamento básico

O novo "Programa Pantanal", que será tocado com recursos próprios do Governo do Estado e do Ministério do Meio Ambiente, irá priorizar os investimentos em saneamento urbano na Grande Cuiabá (MT) e no tratamento de resíduos sólidos nos municípios que formam a Baixada Cuiabana. A proposta elaborada dentro de uma nova realidade regional prevê a aplicação de R$ 20 milhões, ainda este ano.

13/03 17:13

Má gestão e corrupção prejudicam o acesso ao saneamento no mundo

Um de cada cinco habitantes do planeta não tem acesso à água potável e 40% da população mundial não dispõem de sistemas básicos de saneamento, resultado creditado em grande parte à deficiente gestão política dos governos nesta matéria e à corrupção, segundo o Informe da ONU divulgado no dia 9 de março de 2006.

09/03 14:47

Fórum Mundial destaca a gestão de água

Entre os dias 16 e 22 de março acontece na cidade do México o IV Fórum Mundial das Águas. O encontro dará prioridade este ano às experiências locais de gestão para enfrentar os desafios globais pela qualidade e quantidade de água no futuro. A iniciativa é do Conselho Mundial da Água e reunirá nomes internacionais para troca de informações e idéias sobre a gestão da água.

08/03 13:09

Até fim de 2006 Programa Pantanal apresenta novo projeto

Crédito extraordinário para saneamento, Avaliação Ambiental, Programa de Educação Ambiental e gestão da Reserva da Biosfera devem acontecer este ano. Em entrevista, o coordenador nacional do Programa Pantanal, Paulo Guilherme Cabral, disse que em 2007, quando acontece a construção do Plano PluriAnual (PPA) 2008-2011, governos e sociedade tentarão negociar a inclusão do novo projeto do programa.

07/03 18:38

Municípios e Estados têm até 10/03 para pedir recursos ao Ministério...

O Ministério das Cidades prorrogou o prazo para que governos municipais e estaduais enviem pedidos de investimento em Habitação, Saneamento, Mobilidade Urbana, Planejamento e Gestão Urbana. Até a próxima sexta-feira, 10 de março de 2006, os formulários com os projetos devem ser preenchidos e encaminhados exclusivamente pela página eletrônica do Ministério na internet.

16/02 15:02

Saneamento é qualidade de vida

Por Engenheiro Jorge Fortes , ex-presidente da RioUrbe( 2001-2005) Em 1861, o Rio de Janeiro se transformou na 5ª cidade do mundo a dispor de sistema de esgotos sanitários. Após passar por um processo de tratamento químico e a decantação dos rejeitos sólidos, os despejos eram lançados diretamente na Baía de Guanabara. O processo, eficiente para a época, perdeu força já no início do século XX.

| Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | Próxima |
Estas instituições apóiam projetos da ECOA e Coalizão Rios Vivos e não necessariamente as informações veiculadas no portal.
InnBativel Mott Foundation
2004 © ECOA. Todos os direitos reservados
ECOA- ECOLOGIA E AÇÃO (67) 3324-3230